Seleccione o seu idioma

arrow down
ENVIOS GRÁTIS para Portugal, Espanha e Reino Unido

Timeless Watches Entrevista Mara Oliveira


Timeless Watches Entrevista Mara Oliveira

A nossa quinta convidada da rubrica “Timeless Watches Entrevista” é Mara Oliveira, do blog So Sweet… So Pink… e verá que vale a pena ler tudo até ao fim! Mara escolheu seguir um percurso que até há muito pouco tempo foi quase exclusivo para homens. Fazemos-lhe várias questões sobre o mesmo e como consegue conciliar esse lado da sua vida com o seu blog, tão feminino quanto a sua natureza. Bem disposta, resiliente e prática, Mara trás sempre consigo a sua câmara fotográfica e pede ajuda a quem esteja à sua volta para tirar fotos aos seus looks. Não só é a personificação de “the girl next door” (expressão em inglês que significa “a rapariga da porta ao lado”), com uma beleza exótica mas muito natural, como também faz jus à primeira parte do nome do seu blog “so sweet”, pois ela é doce e muito delicada. Tendo dentro de si estes mundos antagónicos, esta blogger de moda mostra-nos que é possível ser uma mulher no mais puro sentido da palavra em qualquer circunstância.


Hoje em dia, as marcas de moda lançam novas peças semanalmente. É importante para ti escolher peças que sabes que irão durar mais do que as tendências?

Sim, é sempre importante ter peças intemporais de boa qualidade que se adaptam a várias situações. No entanto, como tenho um blog é obvio que estou atenta aos lançamentos e acabo sempre por comprar várias peças tendência que sei que não durar muito tempo no meu guarda roupa.

Para ti, o que é que torna uma peça de roupa ou um acessório intemporal?

Um peça minimalista, com um corte clássico, de boa qualidade e de um tom neutro. Desta forma torna-se uma peça versátil e fácil de conjugar de diversas formas.

Qual a peça de roupa ou acessório que usas há mais tempo?

Hum… Talvez um camisa branca fluída, já me acompanha há uns bons aninhos!


Um dos últimos looks que Mara publicou no seu blogneste ela usa um look romântico com o relógio Gaia Rosa.

Qual é o melhor conselho de moda que podes dar aos teus seguidores?

Confiança. Podemos estar a usar o vestido mais giro do mundo, se não o usarmos com confiança o vestido não vai “assentar bem”. Para termos confiança é essencial gostar das peças que estamos a usar.

Na tua opinião, como é que é possível criar um estilo único, uma identidade, na forma de vestir?

Vai um bocadinho ao encontro da resposta anterior, é essencial gostarmos do que estamos a usar. Basta escolher peças com que estamos confortáveis e que estejam de acordo com a nossa personalidade.

Como caracterizas o teu estilo?

Pergunta difícil, não tenho um estilo muito definido… Mas acima de tudo acho que sou muito feminina e acabo sempre por conjugar as tendências de uma forma mais romântica.

Quem é a tua maior referência no mundo da moda (blogger, celebridade, modelo, designer...)?

Não tenho ninguém que siga religiosamente, no entanto a Camila Coelho foi a primeira blogger que comecei a seguir e que continuo a acompanhar até hoje. Adoro o estilo dela!

O que é que te levou a criar um blog e o que é que te mantém interessada para continuares com esse trabalho?

Sempre gostei muito de fotografar, inicialmente o blog era uma forma de partilhar as minhas fotografias, coincidiu com a altura que comprei a minha primeira máquina reflex. Além disso era um escape ao meu dia-a-dia, estava maioritariamente rodeada por homens na faculdade e precisava de um espaço para falar sobre os assuntos mais femininos. 

O que me mantém interessada a continuar é sentir que acabo por inspirar algumas pessoas, além disso continua a abrir-me portas para no futuro conciliar o meu curso com uma área que gosto, junção que nunca pensei que fosse possível.



Foto do relógio Gaia Rosa, retirada da conta do instagram de Mara.

Estás neste momento a fazer um mestrado. Como concilias o tempo que dedicas ao teu blog com o resto da tua vida de estudante? Tens algum outro trabalho para além disso?

É muito complicado conciliar tudo, é óbvio que algumas coisas ficam para trás e por vezes o curso sai um bocadinho “prejudicado”, mas por outro lado acho que o blog me fez descobrir muitas qualidades que nem sabia que tinha. Por isso acho que a longo prazo acaba por compensar, seja na futura vida de engenheira ou blogger! ahah

O truque é andar sempre com a máquina fotográfica atrás e aproveitar todos os tempos livres para fotografar, o que por vezes é muito chato para as pessoas que nos rodeiam… Já estou habituada a ser a “chata das fotos”, mas felizmente a minha mãe e o meu namorado apoiam-me muito nesse sentido!

De momento não tenho mais nenhum trabalho, estou a terminar o curso e a investir no meu blog, vamos ver o que o próximo ano me reserva…

O teu mestrado é também de Engenharia Eletrotécnica como a tua licenciatura?

Sim, estou a fazer o mestrado em Engenharia Eletrotécnica, na área de Eletrónica, Energias e Sistemas Digitais.

O mundo da ciência e da tecnologia é ainda muito dominado pelos homens. Que mensagem gostarias de dar a raparigas e mulheres que gostem destas áreas, mas não queiram abdicar, como tu, da sua feminilidade?

Felizmente as mentalidades já têm vindo a mudar muito nos últimos anos, tenho ido a vários workshops e palestras nesse sentido. São cada vez mais as mulheres com carreiras de sucesso no mundo da tecnologia, porém é verdade que ainda é muito notória a dominação dos homens nestas áreas. Acho que o essencial é sermos fiéis a nós próprias e ignorar os olhares de reprovação. Não somos menos inteligentes ou menos competentes por gostarmos de roupa e maquilhagem, se alguém vos quiser convencer disso mostrem-lhes que estão errados.

 

Em que aspetos é que os blogs podem mudar o mundo da moda?

Qualquer pessoa “anónima” com uma vida completamente normal, tal como eu, pode criar um blog de moda . As pessoas começaram a inspirar-se em outras pessoas como elas, tornando tudo muito mais real, acessível e usável. Além disso os blogs também vieram mudar a forma de como as marcas comunicam com o seu público.

 

 

Mara e a sua máquina fotográfica, com o modelo Gaia Rosa, numa das muitas fotos da sua conta do instagram.


Qual é o teu maior sonho neste momento?

Acabar o mestrado sem dúvidaaaaa! (risos)  Nos últimos dois anos tem sido muito difícil conciliar o blog com o curso. Também gostava muito de fazer uma viagem pelas principais capitais da Europa.

 

Conta-nos algo que os teus leitores/seguidores não saibam sobre ti.

Sinceramente acho que já não há nada que eu não tenha partilhado…

Talvez que apesar do nome do meu blog ser “So Sweet… So Pink…”, rosa não é a minha cor preferida! (risos)

 

Qual é o melhor atributo das marcas portuguesas?

Qualidade, penso que é o aspeto mais diferenciador das marcas portuguesas.

 

Qual é o teu modelo da Timeless Watches preferido e qual oferecerias à tua melhor amiga?

O meu modelo preferido é sem dúvida o Gaia em cor de rosa, já faz parte da minha coleção e adoro-o!!! No entanto à minha melhor amiga oferecia outro modelo que também gosto imenso, o Hemera em branco, um clássico, que fica bem com tudo!


Hemera Branco